Caminho de Assis   Cidades do Caminho

”Vade Francisco et repara domum meam”

Link: Vita e opera di Francesco

Ermidas do Caminho

..............

Ermida de Montepaolo

Sabemos por documentos irrefutáveis que os seguidores de São Francisco estavam em Montepaolo já antes de 1220. Habitavam uma pobre Ermida, abandonado pelos monges da Abadia de Santo André, perto de Dovadola. A zona sofreu, ao longo do tempo, a erosão da água do lençol freático, que provocou o desmoronamento em blocos e isto se explica porque a zona é geologicamente do tipo calcário, muito estratificado e com lençóis freáticos muito permeáveis.
A mesma sorte sofreu a Ermida em que habitou Santo Antonio desde a primavera de 1221, no outono de 1222, com a missão de celebrar a Santa Missa para os irmãos e dar-lhes ensinamento de Fé e Vida Religiosa.

For more details see Ermida de Montepaolo

Ermida de Camaldoli

Em princípios do século XI, a sociedade européia se fragmentou por causa das lutas por uma nova ordem política. A Igreja se viu envolvida nesta trama e as comunidades monásticas também estiveram condicionadas.
São Romualdo, monge da Abadia de Santo Apolinário, da Classe de Rávena, volta a propor a originária chamada dos crentes à fidelidade radical ao evangelho e à liberdade interior, garantida não pelo poder humano ou por rígidas normas disciplinares, senão pela fidelidade ao Espírito de Deus. Um verdadeiro homem do Espírito. Uma grande lição evangélica em um contexto de lutas pelo poder em todos os níveis.

For more details see Ermida de Camaldoli

Ermida de La Verna

O mosteiro de La Verna é um dos mais notáveis lugares de culto italianos. São Francisco recebeu em 1213, como doação do Conde Catan, toda a montanha sobre a qual se ergue La Verna. Francisco se enamorou em seguida deste lugar porque é remoto e silencioso, apropriado para viver em austera e ascética solidão. Aqui, o Santo recebeu os Estigmas em 14 de setembro de 1224. A importância de La Verna no caminho franciscano está perfeitamente sintetizada nas palavras escritas sobre o portão de entrada ao mosteiro: “Non est in toto sanctior orbe mons (“Não há no mundo monte mais sagrado”).

For more details see Ermida de La Verna

Ermida de La Casella
Imersa no verde dos bosques dos Alpes de Catenaia, entre Casentino e Valtiberina, se encontra a Ermida de La Casella, de onde Francisco, em sua última viagem de retorno a Assis, levantando a vista saudou a La Verna pronunciando as comovedoras palavras: “Adeus monte de Deus, adeus Monte Alvernia”.
For more details see Ermida de la Casella

Ermida de Cerbaiolo
Menor que o Montecasale, a Ermida de Cerbaiolo (861m sobre o nível do mar), situado em uma zona rica em erosões naturais e mananciais, pouco distante da corrente Sinigiola, está situada sobre uma rocha ao lado do monte, é a Ermida medieval edificada a maior altitude das que se levantam na vertente tiberina. A posição da pequena Ermida é bastante similar a da maior e também ao convento de La Verna. Também sobre Cerbaiolo se encontra um pico rochoso que recorda ao Monte Penna (Parque Casentinés), tanto que se diz que “quem viu La Verna e não Cerbaiolo viu a mãe, mas não ao filho”. Não é certo que são Francisco se hospedou aqui, mas a tradição local recorda a hospitalidade que os monges ofereceram ao irmão Antonio de Pádua, do qual, ainda hoje, está indicado o lugar onde se retirava para orar.
For more details see Ermida de Cerbaiolo

Ermida de Montecasale
O eremitério de Montecasale (706m), está situado no vale de Afra, próximo à rodovia que comunicava o Vale Alto del Tevere com o Vale Alto del Metauro. Segundo a tradição, o eremitério havia sido fundado em 1213 por Francisco de Assis, que o havia recebido como doação do bispo de Cittá di Castello. As fontes franciscanas recordam os episódios da conversão de três ladrões e das relíquias mandadas levar por São Francisco para serem custodiadas e veneradas. A tradição popular acrescenta o feito que se conta de como São Francisco quis construir escolas de dentro para fora, para por à prova a capacidade de obediência de dois jovens que queriam se tornar frades

For more details see Ermida de Montecasale

Ermida de Buonriposo
O eremitério de Buonriposo, situado a poucos quilômetros da Cittá de Castello, se esconde atrás da colina de Santo Angiolino, à direita do Tevere, entre bosques de castanheiras. Conta-se que em 1213, peregrinando por estas paragens – etapa obrigatória para qualquer um que fosse de Assis a La Verna -, Francisco obtém do devotíssimo Cristiano Guelfucci uma pequena capela rodeada de um horto, onde se estabeleceram os irmãos Menores. Ainda se pode ver o cômodo onde, nesse mesmo ano, se alojou o Santo de Assis.
For more details see Ermida de Buonriposo

Ermida de Carceri (Cárceres)
Antigo eremitério do século XIV, situado a uns 5 km de Assis, subindo ao monte Subasio. Está construído sobre o lugar onde São Francisco e seus seguidores se retiravam (se encarceravam) para orar, perto de uma pequena igreja rodeada de grutas freqüentada por ermitões já nos tempos paleocristãos. Conta-se que o nome de Carceri (cárcere) pode ser devido ao significado da palavra “Carcel”: Retiro Sagrado.
No início, era somente um pequeno oratório que pareceu a Francisco o local adequado para a penitencia e a contemplação.
For more details see Ermida de Carceri

Home